terça-feira, 8 de novembro de 2011

Paz


Manhã de sonho
Seria em braços teus
Onde o amor
Aglutina todos os meus eus

Mulher, menina
Princesa e rainha
Sou dona do mundo
E da paz intemporal -
Sem fundo

A peça faltava
E eu
A louca descontente
Buscava

A salvação
Mais do que tudo
Encontrei

Agora vivo
E és tu o meu rei.