domingo, 23 de abril de 2017

"Emily L." de Marguerite Duras [Opinião + Passatempo #7]

No As Horas... que me preenchem de prazer é já habitual comemorar as efemérides literárias com o lançamento de passatempos. É por isso que, assinalando-se hoje o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor, vos deixo a opinião sobre Emily L. de Marguerite Duras, uma publicação da Edições Texto & Grafia e que gentilmente cedeu um exemplar para sortear entre os nossos seguidores.

Título: Emily L.
Título original: Emily L.
Autora: Marguerite Duras
Tradutor: João Carlos Alvim
Edição/reimpressão: 2017
Editora: Edições Texto & Grafia
Temática: Romance
N.º de páginas: 128
Para adquirir:

Sinopse: 

No conjunto da obra de Marguerite Duras, Emily L. é visto pela generalidade dos seus admiradores e pela crítica literária como o texto mais identificador da sua maneira de descrever, de cruzar personagens e histórias de uma forma quase sempre misteriosa; e talvez também o seu melhor romance.

Um romance tão importante deve estar ao dispor do público português, o que não acontecia há anos. É por isso que as Edições Texto & Grafia consideram que esta é a altura oportuna para trazer até aos seus leitores esta obra fundamental de Marguerite Duras, publicada originalmente em 1987.

Opinião:

Verão em Quillebeuf, localidade contígua ao rio Sena e quase perto da sua foz. Com vista para este cenário um pretenso casal, possivelmente de escritores, encontra-se num bar onde, na sua troca de divagações surgem acusações veladas - "Por vezes, quando falamos os dois, isso é tão difícil como morrer" - e uma procura de sentido sobre aquilo que os une, ou desune.

Ao engano vamos se julgamos que encontraremos a história da narradora e do seu incógnito companheiro com que a narrativa se inicia. Até ao fim há um desconhecimento das circunstâncias da sua ligação, dando azo a especular se não seria  a voz de Marguerite Duras a acompanhar-nos. Será antes dado destaque ao amor de um casal de ingleses, Captain e a sua mulher poeta, Emily L. A sua vida será recriada pelo casal de observadores e nela se fala de infidelidade, abdicação e fuga. A fuga necessária para preservar um amor conservado em álcool e marcado pela diferença entre classes sociais e entendimentos.

Dividida em pequenas partes ao invés de capítulos, é uma leitura que flui sem entraves, porém paragens para reflexão exigem-se. A história adquire importância relativa pelas suas indefinições: um relato que não explora os pormenores em demasia, dando primazia aos sentimentos e emoções das personagens.

Surgem apontamentos sobre a criação literária que reflectem a visão da narradora e, quem sabe, a da própria autora: "Que alguém tenha dito isso naquele dia é o que fará com que este livro se escreva. O livro será sincero. Que o tenhamos dito nós, ou o tenhamos ouvido através da parede, dito por outro qualquer a uma outra qualquer, é indiferente para o livro, uma vez que o ouviu ao mesmo tempo que eu ouvi, num mesmo lugar. Num mesmo susto".

Uma falha que aponto é a ausência de tradução das frases em inglês. Quem desconheça a língua terá certamente de recorrer a um dicionário variadas vezes.

Este livro é um exercício que nos leva a questionar as problemáticas da capacidade criativa dos escritores e, tema intemporal, o papel do amor nas nossas vidas.


Classificação: 4,0/5*

Sobre a autora:
Escritora e cineasta francesa, Marguerite Duras nasceu no Vietname em 1914 e veio a falecer em 1996 em França. A sua obra, habitada por personagens em busca de amor até aos limites da loucura ou do crime, foi visceralmente marcada pela juventude passada na Indochina. O romance autobiográfico L'Amant (1984) foi adaptado ao cinema. Escreveu também o argumento do filme Hiroxima meu amor e realizou Nathalie Granger (1973) e India Song (1975). Fonte: WOOK | Fotografia: Pinterest


Regras:
1. Só são válidas as participações em que os dados solicitados sejam correctamente preenchidos.
2. Apenas é permitida uma participação por pessoa e por morada (moradas de envio em Portugal Continental e Ilhas).
3. Só são válidas participações de seguidores da página de Facebook e/ou do blogueque realizem partilha pública do passatempo mencionando dois amigos (na partilha), tal como solicitado no formulário.
4. O passatempo termina a 7 de Maio às 23h59m.
5. O vencedor será escolhido aleatoriamente através do mecanismo criado para o efeito pertencente aos formulários Rafflecopter.
6. O vencedor será anunciado no blogue e contactado pelo e-mail que indicar no formulário. Tem 72h para responder ao e-mail, caso contrário, será sorteado um novo vencedor.
7. O passatempo é realizado em parceria com a editora Edições Texto & Grafia, que cede um (1) exemplar para sorteio.
8. O envio do prémio não representa qualquer custo para o vencedor e a administração do blogue e a editora não se responsabilizam por eventuais extravios dos CTT.
9. Caso não concorde com algum dos pontos anteriormente referidos, por favor, abstenha-se de participar.

23 comentários:

  1. Adorava participar, mas como não tenho Facebook não posso. Resta-me desejar boa sorte aos participantes :) (E hei-de comprar o livro futuramente).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como o Facebook tem sido determinante na divulgação do blogue, tenho colocado essa condicionante... Há tantos passatempos de livros que passam pelo Facebook que até te aconselho a criares um perfil, nem que seja só para não te veres impedida de participar, como neste caso. :(

      Quanto à aquisição, acho que vale a pena! Já tinha lido "O Amante" da mesma autora, que não me deixou muitas lembranças, mas este apreciei bastante.

      Eliminar
    2. Oh, tentei aceder à minha antiga conta e estou com uma dor de cabeça gigante porque o Facebook activou-a e não me deixa entrar nela :\ Agora quero, precisamente, desactivá-la novamente e não estou capaz.
      Raio do Mark Zuckerberg, só faz disparates -.-

      Eliminar
    3. Experimenta enviar reclamações até te resolverem o problema..

      Às vezes quero divulgar as publicações do blogue por lá e bloqueia-me as partilhas. -_-

      Eliminar
  2. Curiosa por lê-lo de uma ponta à outra! Só pelo que escreveu acima <3

    ResponderEliminar
  3. Participo :). Tenho alguns livros da autora, que muito aprecio!

    ResponderEliminar
  4. Nunca li, mas agora estou curiosa para conhecer esta autora.

    ResponderEliminar
  5. Fico contente que as editoras voltem a publicar livros dos grandes autores, alguns nem sempre são fáceis de encontrar.

    ResponderEliminar
  6. a participar mas enganei-me no ultimo tópico: deveria ter escrito o meu nome. Há algum problema?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não se preocupe. Caso seja a vencedora, entrarei em contacto consigo para esclarecer esse tópico. :)

      Eliminar
  7. Adoro livros e tudo que me faça sonhar um bocado:)

    ResponderEliminar
  8. Romances e uma optima classificação. Nunca li nada da autora por isso fiquei curiosa

    ResponderEliminar
  9. Já tinha curiosidade por esta autora. Agora, ainda mais.

    ResponderEliminar
  10. Participo, fiquei bastante curiosa :)

    ResponderEliminar
  11. Obrigado por mais esta oportunidade que me enche de prazer.

    ResponderEliminar
  12. A participar obrigada pela oportunidade

    ResponderEliminar